Rival do Brasil na Copa, Camarões tem convocação constrangedora e especulações sobre interferência na lista

Na última quinta-feira, a seleção de Camarões convocou os 26 jogadores para a Copa do Catar, incluindo figuras como Zambo Anguissa (Napoli) e Choupo-Moting (Bayern) para competir no grupo G, contra Brasil, Sérvia e Suíça. Mas o que chamou atenção durante a entrevista coletiva do anúncio foi o treinador da equipe africana, Rigobert Song: ele se mostrou balbuciante e em tom de dúvida ao pronunciar os nomes de seus atletas, um momento que levantou especulações. Assista ao vídeo:

O anúncio teve momentos tragicômicos. Em um deles, inclusive, os jornalistas o ajudaram a pronunciar um sobrenome que não entendeu. Song chegou a precisar de vários segundos para esclarecer a pronúncia, até que um auxiliar o ajudou. Depois do constrangimento ao vivo, a imprensa camaronesa começou a especular os motivos que levaram à estranha situação.

Alguns afirmaram que o técnico, que só tem seis partidas no comando da equipe, não teria sido o autor da lista de convocados, mas sim autoridades da Federação Camaronesa, presidida por Samuel Eto'o, ex-atacante de Barcelona e Chelsea. Song é um ex-zagueiro aposentado no Trabzonspor, da Turquia, em 2010. Tem história na seleção: jogou 137 partidas e atuou em quatro mundiais (1994, 1998, 2002 e 2010).

A situação não foi a única que gerou estranheza na seleção africana. Em fevereiro, o técnico português Antonio Conceição foi demitido mesmo tendo perdido apenas três das 23 partidas que disputou. Em seu ciclo, a equipe teve 14 vitórias e seis empates. O presidente do país, Paul Biya, foi quem despediu Conceição do cargo, pouco antes do confronto decisivo contra a Argélia, em março, que valia a vaga para a Copa.

Muitos não acreditaram na decisão, que foi oficializada, na época, pelo ministro do esporte camaronês, Narcisse Mouelle Kombi. "Por indicação explícita do presidente da república, o técnico da seleção, o senhor Antonio Conceição, foi substituído por Rigobert Song. A Federação de Futebol foi convidada a acatar essas orientações vindas de cima o quando antes", afirmou Mouelle Kombi.

Com duas vitórias, um empate e três derrotas no comando de Camarões, Song terá um amistoso contra o Panamá em Abu Dhabi, na próxima sexta-feira. Seis dias mais tarde, a equipe estreia na Copa, contra a Suíça. Será a oitava participação de Camarões num Mundial.