Rivalidade em alta: torcedores do Flamengo pedem comemoração de gol provocando o Atlético-MG

Em 1996, o atacante Paulinho McLaren, que jogava pelo Cruzeiro, comemorou um gol contra o Atlético-MG de forma irreverente. Provocando o rival, dobrou os braços na altura da cintura, imitando uma galinha, em referência ao mascote do alvinegro, diante do Mineirão com mais de 90 mil pessoas. Nas redes sociais, torcedores rubro-negros pedem que Gabigol repita o gesto hoje se marcar um gol no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O Flamengo vai contar com a casa cheia para tentar reverter o placar de 2 a 1 sofrido no jogo de ida no Mineirão. Todos os ingressos do duelo foram esgotados e a Polícia Miltar do Rio comunicou que reforçará a segurança, além de escoltar o ônibus do Atlético-MG durante o trajeto até o Maracanã.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos