Roberto Carlos reprova roteiro de Glória Perez, atrasa produção e procura ator para filme

Roberto Carlos acompanha de perto filme sobre sua vida

Depois de quatro anos, o filme sobre a vida de Roberto Carlos começa a ganhar forma. O principal motivo do atraso foi o roteiro. A primeira versão escrita por Patrícia Andrade e Nelson Motta não foi aprovada pelo cantor. Em seguida, o Rei pediu que Glória Perez, de quem ele é fã, assumisse a função. Mas Roberto também não gostou da versão do roteiro escrita pela autora de novelas, e um outro acabou sendo feito tendo como base as ideias de Glória. A versão final terá a assinatura de Patrícia, com supervisão de Nelson. A autora de “A força do querer” será creditada como supervisora de conteúdo.

Neste momento, a cinebiografia do Rei está na fase de pré-produção e escolha de elenco. O empresário do cantor, Dody Sirena, que assina a direção executiva do longa, até postou um aviso no Instagram convocando atores para testes. Eles procuram alguém para viver Roberto Carlos na juventude. Os requisitos são parecer com o artista e ter “noção de canto”.

Breno Silveira será o diretor. A escolha foi do próprio Roberto, fã de “Dois filhos de Francisco”, seu filme mais famoso e lucrativo. Mas Breno precisou ser convencido a aceitar o projeto. Ele tinha receio de que as exigência do cantor e de sua equipe atrapalhassem seu processo criativo.