Robinhood reduz perda após cair mais de 10% em estreia na Nasdaq

·1 minuto de leitura
Placa anunciando listagem do Robinhood na Nasdaq

(Reuters) - As ações da corretora online Robinhood Markets reduziam as perdas após despencarem mais de 10% em sua estreia na bolsa norte-americana Nasdaq nesta quinta-feira, em uma recepção desanimadora para uma das listagens mais esperadas de o ano.

Logo no começo do pregão os papéis chegaram a ser negociados a 34 dólares, avaliando a companhia em cerca de 28 bilhões de dólares. As cotações ainda chegariam a 33,35 dólares na mínima, bem abaixo do preço fixado na oferta inicial de ações, de 38 dólares, que ficou no piso da faixa estimada para o IPO,

Às 14:17, as ações cediam apenas 0,16%, a 37,94

A estreia da Robinhood, que levantou 2,1 bilhões de dólares no IPO, ocorre meses após se envolver em um confronto entre uma nova geração de investidores de varejo e os fundos de hedge de Wall Street.

Fundada em 2013 por Vlad Tenev e Baiju Bhatt, colegas de quarto da Universidade de Stanford, a Robinhood tem uma interface fácil de usar, que a tornou um sucesso entre os jovens investidores durante as restrições com a pandemia de Covid-19.

(Reportagem de Niket Nishant, Ankur Banerjee e Noor Zainab Hussain em Bengaluru e Echo Wang na Carolina do Norte)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos