Robson Conceição detona juízes após derrrota

·1 minuto de leitura

A primeira derrota de Robson Conceição custou ao baiano a chance de tomar o cinturão da categoria superpena do mexicano Óscar Valdez. Por meio do Instagram, comentou o critério dos juízes em manter o título mundial com o rival.

Situada em Tucson, no Arizona (EUA), a luta durou 12 rounds e foi marcada por uma postura agressiva de ambas partes. Robson, o primeiro brasileiro a conquistar ouro olímpico no boxe, não teve o braço erguido ao final do duelo.

— Fico muito agradecido pelas energias positivas que vocês enviaram para mim, antes e depois da luta. Não estou aqui para reclamar do resultado. Quem assistiu, viu e concorda comigo. Infelizmente, o boxe é um esporte sujo, com uma arbitragem corrupta. Mas eu sigo firme e forte. Estou muito feliz. O trabalho foi feito. Bola que segue — disse o medalhista olímpico, que, em seguida, anunciou o retorno para o Brasil.

Em seguida, trocou o outro ângulo da imagem, para mostrar os poucos ferimentos que carregava, vide a agressividade da luta.

— Meu rosto está somente com alguns arranhãozinhos. Meu adversário, com certeza, está completamente deformado. Mas é isso aí. Sigo determinado.

E, de fato, um dos principais comentários nas redes sociais foi o estado em que Valdez terminou o combate, com o rosto inchado e ensanguentado, enquanto Robson apresentava poucas lesões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos