Rock in Rio: 5 curiosidades do festival no Brasil que talvez você não saiba

Xuxa Meneghel em propaganda, logo do Rock in Rio e Britney Spears. Foto: Reprodução/Youtube/Getty Images
Xuxa Meneghel em propaganda, logo do Rock in Rio e Britney Spears. Foto: Reprodução/Youtube/Getty Images

Resumo da notícia:

  • Rock in Rio acontece na capital carioca desde 1985

  • Festival volta a ser realizado no Brasil a partir desta sexta-feira (02)

  • Reunimos curiosidades sobre o evento no país

Realizado desde 1985 no Brasil (e no mundo), o Rock in Rio transformou a história do entretenimento brasileiro a partir da idealização do empresário Roberto Medina. Isso porque o festival marca a vinda de grandes artistas internacionais com shows memoráveis há décadas, que vão além do rock que leva o nome do evento.

Após as paralisações por conta da pandemia de coronavírus, o festival volta a ser realizado no Rio de Janeiro a partir desta sexta-feira (02) com nomes como Iron Maiden, Justin Bieber, Dua Lipa e Demi Lovato no line-up. Para esquentar o clima de festival, reunimos curiosidades que talvez você não saiba:

Origem de "metaleiro"

A palavra usada hoje para descrever os fãs de heavy metal, gênero do rock, foi criada durante a primeira edição do Rock in Rio. Durante a cobertura da TV Globo, a emissora inventou o termo para se referir ao público voltado para o estilo musical, que dominavam o evento. Confira a reportagem de 1985 na Cidade do Rock com os fãs de Iron Maiden:

Festival no Maracanã

O estádio do Maracanã hospedou o Rock in Rio em janeiro de 1991 após seis anos da primeira edição. Com reformas, o local recebeu mais de 600 toneladas de estrutura metálica para se assemelhar a uma nave espacial. Na época, a jornalista Ilze Scamparini apresentou uma matéria com os melhores momentos da segunda edição do festival. Confira:

Proibido de morder morcegos

Em entrevista ao jornalista Roberto D'Ávila, o empresário Roberto Medina contou que Ozzy Osbourne foi o primeiro artista a aceitar a proposta para tocar no Rock in Rio. No entanto, ele precisou assinar um contrato que garantia que o músico não iria morder nenhum animal vivo no palco.

Isso porque o cantor é conhecido por uma história bastante inusitada, ocorrida em janeiro de 1982, quando Osbpurne mordeu um morcego de verdade durante um show ao acreditar que era um exemplar de mentira.

Silêncio "por um mundo melhor"

A edição de 2001 foi marcada por alguns minutos de silêncio, orientados por Roberto Medina, porque a ideia do Rock in Rio era "fazer um mundo melhor”. Para isso, ele pediu que, no início do festival, o público ficasse calado por três minutos na Cidade do Rock. O detalhe é que 3500 emissoras de rádio e todas as emissoras de TV do Brasil que transmitiam o evento também ficaram em silêncio.

Nomes como Xuxa Meneghel, Reynaldo Gianecchini, Rodrigo Faro e Deborah Secco participaram de um comercial de 2000, que anunciava a pausa no primeiro dia de festival, marcado para 12 de janeiro de 2001. Confira:

Britney no Rock in Rio

Lembra? Britney Spears integrou o line-up da terceira edição do Rock in Rio na capital carioca. Com apenas 19 anos de idade, no auge da carreira com dois discos lançados, a norte-americana subiu ao palco da Cidade do Rock com cerca de 250 mil pessoas em 2001.

A Princesa do Pop cantou sucessos atemporais como “Oops!… I Did It Again“, “Baby One More Time“, “Sometimes“, “Stronger“ e “Lucky”.

Britney Spears no Rock in Rio 2001, no Rio de Janeiro
Britney Spears no Rock in Rio 2001, no Rio de Janeiro. Foto: Patrick SICCOLI/Gamma-Rapho via Getty Images