Rock in Rio: Procon-RJ notifica Uber por cobrar taxa extra sem aviso prévio

Procon-RJ notificou a Uber por cobrança de taxa extra devido ao Rock in Rio. Foto: REUTERS / Brendan McDermid.
Procon-RJ notificou a Uber por cobrança de taxa extra devido ao Rock in Rio. Foto: REUTERS / Brendan McDermid.
  • Rock in Rio: Procon Carioca notificou a Uber por cobrar taxas extras sem comunicar previamente;

  • Segundo o órgão, a companhia tem cobrado até R$ 44,40 em taxas extras para corridas a locais próximos do local do evento;

  • A Uber tem até 24 horas para explicar as tarifas especiais.

O Procon-RJ, órgão ligado à secretaria Municipal de Cidadania, notificou a Uber por causa de cobranças extras em cima de corridas realizadas para a região do Parque Olímpico, onde acontece o Rock in Rio.

De acordo com a instituição, a companhia de transporte privado tem cobrado até R$ 44,40 em taxas extras devido ao festival.

“A cobrança da taxa extra não é informada previamente ao consumidor. Ele só toma conhecimento quando verifica o recibo final, ou seja: quando já pagou pelo serviço. E não na hora em que a corrida é agendada”, afirma o assessor da Gerência de Fiscalização do Procon-RJ.

Leia também:

O órgão advertiu a empresa a prestar esclarecimentos em até 24 horas na sede do Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, no bairro do Estácio.

Para os dias de evento, a companhia criou o ‘Espaço Uber’, que funciona no Centro de Convenções Riocentro, a cerca de 1km do Parque Olímpico, como base para embarque e desembarque de usuários.

Depois de três dias de evento, os agentes fiscalizadores verificaram a existência da ‘Cobrança extra de evento especial da Uber’ no valor de R$ 36,90 e a ‘Cobrança extra da Uber por local’, em R$ 8.

A cobrança tem sido feita inclusive para destinos cujos endereços de partida e chegada não possuem vínculo com o Rock in Rio.