Rock in Rio lança segunda edição de projeto dedicado à Amazônia

O Rock in Rio lançou nesta quinta-feira (14), em coletiva na Praça Mauá, a nova edição do projeto NAVE, um espaço dedicado à Amazônia que vai receber shows, entrevistas com artistas da região, conteúdos audiovisuais, projeções e outras ativações inspiradas na floresta.

Rock in Rio: Supernova terá atrações como Ratos de Porão, Jovem Dionísio e MC Poze

Rock in Rio: Palco Mundo será feito com 200 toneladas de material reciclado recolhidas em todo o país

A Nave vai ocupar uma das arenas do Parque Olímpico, que abriga o Rock um Rio em setembro. O projeto é resultado de uma parceria do festival com um coletivo criativo que tem direção da artista visual paraense Roberta Carvalho, cenografia da artista carioca Daniela Thomas, argumento da contadora de histórias acreana Karla Martins e direção musical da cantora e multiartista paraense Aíla.

- A Nave vem pra falar sobre uma outra Amazônia não tão conhecida. Brincamos que é comum a gente ver aquelas lindas imagens da floresta feitas por drone, mas em setembro nós vamos apresentar uma perspectiva além da exuberância natural, um retrato feito a partir das pessoas e da cultura da Amazônia - disse Luis Justo, CEO do Rock In Rio.

Rock in Rio Lisboa: Anitta diz que lançará 'produtinho' íntimo após polêmica com sertanejos

Em meio à projeções de grande formato que vão compor a arena, uma aparelhagem de som em formato de barco, projetada pelo artesão João do Som, vai receber DJs que vão tocar ritmos como brega, tecnobrega, guitarrada, lambada, carimbó, entre outros gêneros característicos do norte do país. A aparelhagem, inclusive, já foi usada em apresentações de artistas como Anitta e Joelma.

- Vamos fazer um mergulho na produção de diversos artistas amazônicos através das projeções. O barco feito pelo João, um mestre da aparelhagem, vai se transformar em uma grande festa - afirmou Roberta Carvalho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos