Rodízio de veículos em SP será suspenso nesta terça devido à greve dos ferroviários

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 18/05/2020 - O prefeito Bruno Covas decide mudar o rodizio par e impar para o antigo. Geral da ligação leste/oeste, em SP. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 18/05/2020 - O prefeito Bruno Covas decide mudar o rodizio par e impar para o antigo. Geral da ligação leste/oeste, em SP. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo informou na noite desta segunda-feira (23) que o rodízio de veículos está suspenso nesta terça (24), em virtude da greve dos funcionários de três linhas da CPTM (Companhia de Trens Metropolitanos). A suspensão ocorre tanto pela manhã quanto no fim do dia.

A gestão Ricardo Nunes (MDB) diz que a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) vai implementar medidas operacionais para "melhorar a fluidez de ruas e avenidas".

Ferroviários das linhas 11-coral, 12-safira e 13-jade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) decidiram em assembleia entrar em greve a partir da 0h desta terça-feira (24). Os trabalhadores reivindicam reposição salarial referente à data-base de 1º de março dos exercícios 2020/2021 e 2021/2022.

A paralisação foi votada em assembleia realizada nesta segunda-feira (23) e aproximadamente 2.500 funcionários devem cruzar os braços, segundo o Sindicato dos Trabalhadores das Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil. Cerca de 750 mil usuários podem ser afetados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos