Rodeios estão proibidos em Minas Gerais, decide Justiça

Rodeios ficam proibidos no estado a partir desta quinta-feira (25). (Foto: GettyImages)
Rodeios ficam proibidos no estado a partir desta quinta-feira (25). (Foto: GettyImages)
  • Decisão é de juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias

  • Pedido de proibição foi feito pela ONG Instituto Protecionista - SOS Animais e Plantas

  • Juiz entende que rodeios podem levar animais "a serem usados como meras coisas"

Rodeios estão proibidos no estado de Minas Gerais a partir desta quinta-feira (25), após decisão do Juiz Michel Curi da 1ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias. O magistrado acatou um pedido da ONG Instituto Protecionista — SOS Animais e Plantas.

“Mais uma vitória. Começamos o dia com essa excelente notícia! A SOS animais e plantas moveu ação pedindo a proibição dos rodeios em Minas Gerais”, escreveu a organização nas redes sociais.

Em sua decisão, o juiz entendeu que há “acentuada probabilidade dos animais serem usados como meras coisas e de serem submetidos a sofrimentos até a morte”.

Ele então “concede a tutela de urgência para determinar ao Estado de Minas Gerais que se abstenha de realizar ou promover rodeios”. Com isso, rodeios ficam proibidos, mas atividades com animais, como apresentações musicais, ainda podem ser realizadas.

O estado afirmou à emissora CNN que ainda irá se manifestar nos autos do processo.

Entendimento de pesquisadores

Em 2011, um estudo da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) identificou que, entre 228 animais analisados, houve aumento de agressividade no comportamento nas fases de brete (preparação do animal, onde é colocado o sédem e a corda americana) e trabalho. Nos rodeios, a alteração de comportamento de 68% dos animais é alterado.

O sédem é um artefato que é amarrado na região da virilha do touro para que ele fique mais “bravo”. segundo a União Internacional Protetora dos Animais (UIPA).

Já aqueles que trabalham com rodeio alegam que os animais são bem cuidados, pois passam por exames periódicos e recebem suplementação. A prática do rodeio é regulada no Brasil desde 2002, que estabelece parâmetros de tratamento dos animais.