Rodovias paulistas devem receber 4 milhões de veículos durante o feriado prolongado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As principais rodovias paulistas devem receber cerca de 4 milhões de veículos em direção ao litoral e ao interior entre esta sexta-feira (11) e a próxima terça (15), durante o feriado prolongado da Proclamação da República, segundo concessionárias e a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

Desse total, cerca de 2,9 milhões utilizarão a malha concedida, e 1,1 milhão seguirá pelas rodovias do DER (Departamento de Estradas de Rodagem). Todas terão reforços operacionais, além de apoio da Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo.

A Autoban, que administra o sistema Anhanguera-Bandeirantes, prevê fluxo de 850 mil veículos no feriado prolongado, entre saídas de São Paulo e chegadas à capital.

A concessionária colocará em vigor a Operação Caminhão —no domingo (13) e na terça, esse tipo de veículo com destino a São Paulo pela Bandeirantes deverá utilizar a Anhanguera no trecho entre Jundiaí e a capital (do km 48 ao km 23), acessando a rodovia pela saída 48 da Bandeirantes. O desvio tem como objetivo melhorar a distribuição do tráfego.

A concessionária Tamoios estima que 160 mil veículos trafeguem durante o feriado pela rodovia, que liga São José dos Campos, no Vale do Paraíba, a Caraguatatuba, no litoral norte do estado.

A Serra Antiga é utilizada como pista de descida (São José dos Campos - Caraguatatuba), e a Serra Nova como pista de subida. Segundo a empresa, a operação Papa Filas nas praças de pedágio poderá ser acionada em caso de necessidade, com a utilização das cabines automáticas, com cobrança eletrônica.

A previsão da Ecopistas, que administra o corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto, é de que cerca de 1 milhão de veículos passem pelas quatro praças de pedágio, nos dois sentidos, no feriado prolongado.

A concessionária contará com reforços na equipe para garantir a fluidez e a segurança viária. Nos horários de pico, a Ecopistas informa que disponibilizará guinchos extras, ambulâncias, rotas de inspeção, moto de inspeção, caminhão irrigadeira e guinchos elétricos.

A BR-381, entre Guarulhos e Contagem (MG), administrada pela Arteris Fernão Dias, deve registrar fluxo de 1,3 milhão de veículos. A operação especial da rodovia é focada nas ocorrências, como problemas mecânicos, interferências na pista, acidentes e assistência pré-hospitalar, segundo a concessionária, com assistência 24 horas por dia e 12 unidades de socorro ao longo do trecho.

Quanto ao sistema Anchieta-Imigrantes, que liga a capital à Baixada Santista, a previsão ainda deve ser divulgada pela concessionária Ecovias.

De acordo com o DER, os CCOs (Centros de Controles Operacionais) das concessionárias, que operam os 11,1 mil quilômetros da malha concedida, contarão com reforços para monitoramento e inspeção do tráfego, como contadores veiculares (SATs), câmeras CFTV e painéis eletrônicos de mensagens sobre as condições da rodovia, além de telefones de emergência, pontos de wi-fi e estações meteorológicas.

As concessionárias informam ainda que manterão a Operação Visibilidade, com deslocamento de equipes para pontos estratégicos a fim de proporcionar mais agilidade e segurança no atendimento para quem trafega pelas rodovias estaduais.

"Essa operação é fundamental para garantir a qualidade do tráfego no feriado", afirma o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto.

AEROPORTOS

A Infraero, que administra 19 aeroportos, prevê um fluxo de 876,4 mil passageiros neste feriado. O número é 43% superior ao movimento de 2021, quando 402,3 mil pessoas embarcaram e desembarcaram nos terminais entre os dias 12 a 16 de novembro.

Estão previstos 4,4 mil pousos e decolagens nos cinco dias, o que representa um crescimento de 38% em relação aos 3,2 mil voos realizados no ano passado. A expectativa da Infraero é que o dia mais movimentado seja esta sexta, com 152,2 mil passageiros e 1,1 mil voos.

Somente o aeroporto de Congonhas deve receber 297.605 passageiros, alta de 56% em relação aos 190.639 registrados no ano passado.

RODOVIÁRIAS

A Socicam, que administra as rodoviárias paulistanas do Tietê (zona norte), Barra Funda (zona oeste) e Jabaquara (zona sul), estima que 528 mil pessoas devem passar pelos terminais nos dias do feriado.

Serão disponibilizados 400 ônibus extras para atender a demanda. Os principais destinos são Florianópolis, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Angra dos Reis e cidades do litoral paulista.