Rodovias têm 129 pontos com 216 quilômetros de filas, diz associação

As rodovias do país ainda tinham 129 pontos de bloqueios e 216 quilômetros de fila na manhã desta quarta-feira, segundo a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), que reúne 40 concessionárias, em balanço da situação às 8h.

Paralisações: Ministério da Justiça diz que cobra R$ 5,5 milhões em 912 multas aplicadas contra manifestantes que bloqueiam rodovias

Congresso: Além de Zambelli, deputados eleitos estimulam bloqueios nas estradas e podem ser condenados a até 12 anos de prisão

Houve uma redução na quantidade de bloqueios na comparação com o início da noite de terça-feira, quando o número era de 189 pontos de bloqueio e 274 quilômetros de fila.

Segundo a associação, do total de bloqueios ainda existentes, 36 são totais e 93 são parciais. Há, por exemplo, uma fila de 11 quilômetros na BR-101, em Santa Rosa do Sul, em Santa Catarina.

Já na BR-364, em Cuiabá, a fila é de 9 quilômetros. Em São Paulo, no município de Mogi Mirim, a extensão da fila chegou a 20 quilômetros.

Os bloqueios das estradas seguem desde domingo e são realizados por bolsonaristas que não aceitaram o resultado da eleição presidencial, que teve Luiz Inácio Lula da Silva (PT) eleito.

Segundo a PRF, ainda existem 156 pontos com bloqueio total ou parcial nas estradas. Em certo momento, o movimento de bolsonaristas chegou a ocupar 271 estradas.