Rodrigo Caio é internado por infecção após cirurgia no joelho

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazil's Flamengo Rodrigo Caio (L) and Ecuador's Barcelona Uruguayan Gonzalo Mastriani vie for the ball during their Copa Libertadores semifinal second leg football match at the Monumental Stadium in Guayaquil, Ecuador, on September 29, 2021. (Photo by SANTIAGO ARCOS / POOL / AFP) (Photo by SANTIAGO ARCOS/POOL/AFP via Getty Images)
Zagueiro pode receber alta neste sábado e se reapresentar normalmente na segunda-feira. Foto: (SANTIAGO ARCOS/POOL/AFP via Getty Images)

O zagueiro Rodrigo Caio, do Flamengo, está internado desde o dia 2 de janeiro em um hospital localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, para tratar uma infecção que ocorreu em um dos pontos que recebeu no joelho direito após realizar artroscopia em meados do mês de dezembro.

A situação do zagueiro é estável e ele deve receber alta ainda neste sábado. O jogador, que recebeu antibiótico na veia por ser mais potente no tratamento, deverá seguir tomando o medicamento por cerca de quatro semanas mesmo após deixar a instituição de saúde.

Leia também:

O camisa 3 do Flamengo deverá se reapresentar no CT do Ninho do Urubu normalmente na próxima segunda-feira, quando o elenco do Flamengo terá seu primeiro contato oficial com o treinador português Paulo Sousa, novo comandante do vestiário da Gávea.

Rodrigo Caio ficou marcado por inúmeras lesões na temporada de 2021, o que fez com que ele disputasse apenas 33 das 87 partidas que o Flamengo teve ao longo de todo o ano.

Com vínculo até o fim do ano de 2023, Paulo Sousa chega ao Brasil junto de seis profissionais de sua equipe particular. Antes de ter comandado a Seleção da Polônia, o português havia comandado diversas equipes ao redor do mundo, como Fiorentina, da Itália, Bourdeaux, da França, Basel, da Suíça, e Leicester da Inglaterra.

Após semanas de negociações envolvendo diversos técnicos portugueses, incluindo um possível retorno de Jorge Jesus, o nome escolhido, e acertado, foi o do treinador que dirigia a Seleção Polonesa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos