Rodrigo Caio se queixa de dores no joelho e não treina com a seleção

·1 minuto de leitura

O zagueiro Rodrigo Caio se queixou de dores no joelho direito na manhã desta segunda-feira e foi liberado do treino com os demais jogadores da seleção brasileira, que se preparam para o duelo contra o Paraguai, nesta terça, em Assunção. Durante o período fora, ele ficou sob tratamento da fisioterapia da seleção, e seguirá sob observação do setor para análise de qual será o tratamento.

Pelo Flamengo, Rodrigo Caio jogou apenas quatro partidas na temporada por conta de seguidas lesões — as finais do Carioca, contra o Fluminense, a Supercopa, contra o Palmeiras, e a última rodada da fase de grupos da Libertadores, contra o Vélez. Ele já havia atuado no “sacrifício” na reta final do Campeonato Brasileiro de 2020, com uma grave lesão no adutor da coxa direita.

Na última semana, o zagueiro havia sido chamado por Tite para substituir o também lesionado Thiago Silva, do Chelsea. Rodrigo Caio havia ficado no banco de reservas no jogo contra o Equador, na última sexta, e seria novamente opção de Tite para o confronto contra o Paraguai.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos