Rodrigo Maia diz que Câmara vai trabalhar para votar reforma da Previdência a partir de 8 de maio

Rodrigo Maia durante reunião no Palácio do Planalto 11/4/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira que os deputados vão trabalhar para que a reforma da Previdência seja votada pela Casa a partir de 8 de maio.

Depois de falar rapidamente com jornalistas, ele foi perguntado se a Câmara vota nesta noite o projeto de recuperação fiscal dos Estados, e Maia fez sinal positivo com a mão. Nas últimas semanas, a Câmara fez várias tentativas de votar o projeto, sem sucesso.

Nesta tarde, policiais que protestavam contra a reforma da Previdência tentaram invadir o Congresso, causando um quebra-quebra e confusão, que pode atrapalhar o quórum no plenário mais tarde.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)