Rodrigo Pacheco anuncia oficialmente ida ao PSD

·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO — O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, anunciou oficialmente nesta sexta-feira que deixará o DEM para se filiar ao PSD. A mudança de partido foi feita a convite do presidente nacional da sigla, o ex-ministro Gilberto Kassab, e abre caminho para que o senador concorra à Presidência da República em 2022.

"Comunico que, nesta data, tomei a decisão de me filiar ao PSD, a convite de seu presidente, Gilberto Kassab. Agradeço aos filiados, colegas e amigos do Democratas de Minas Gerais e de todo o país o período de convivência partidária saudável e respeitosa", escreveu Pacheco no Twitter.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos