Rodrigo Portella debate o ofício do ator e a função do teatro na peça '(RE)Play', exibida no YouTube

·2 min de leitura

Premiado por espetáculos como "Tom na fazenda" e As crianças", o diretor e dramaturgo Rodrigo Portella retoma a temporada de "(RE)Play", na qual interpreta a si mesmo em em uma performance audiovisual em quatro atos, em cartaz no YouTube do Sesc Rio.

O espetáculo é concebido como uma autoficção sobre a trajetória pessoal do diretor e a identidade de um artista de teatro brasileiro nas últimas três décadas. A montagem foi gravada com smartphones, ambientada em várias cidades da Europa, principalmente em Barcelona, onde Portella mora atualmente. Além do diretor como protagonista, a peça traz participações de atores como Armando Babaioff, Julio Adrião e Raul Gazolla.

— O espetáculo passa pela tentativa de espelhar as minhas identidades na identidade deste artista branco, homem de teatro, um brasileiro do interior. Todas as histórias escolhidas aconteceram em Três Rios (RJ), numa época em que o teatro que eu fazia não era reconhecido como profissional — comenta Portella. — Fora uma pequena parcela das produções, a maior parte dos espetáculos é feita com pouquíssimos recursos. As contradições expostas na montagem falam um pouco sobre como a sociedade brasileira enxerga este artista de teatro, pensando também na crise do público.

Portella diz que a montagem é uma provocação que levanta questionamentos a respeito da função do teatro e do ofício do ator:

— Mesmo antes da pandemia, víamos as escolas cheias de aspirantes a atores e atrizes, enquanto as plateias estavam com cada vez menos gente para ocupar. É fundamental pensar qual a necessidade do trabalho que a gente desenvolve, como artista e como espectador. É se perguntar sempre: o que eu busco numa experiência teatral, como ela me atrai?

Onde: YouTube do Sesc Rio, projeto Temporadas Sesc de Artes Cênicas (https://www.youtube.com/user/portalsescrio). Quando: Sex a dom, às 20h. Até 16/1. Quanto: Grátis. Duração: 60 minutos. Classificação: 14 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos