Rodrigo Santoro se dublou em "7 Prisioneiros" nas versões em inglês e espanhol

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Rodrigo Santoro em
Rodrigo Santoro em "7 Prisioneiros". Foto: Divulgação/Netflix

Resumo da notícia:

  • Rodrigo Santoro estrelou "7 Prisioneiros" em mais de um idioma

  • Ator dublou seu personagem nas versões em inglês e espanhol

  • Com direção de Moratto e produção de Fernando Meirelles, filme está disponível na Netflix

Rodrigo Santoro estrela "7 Prisioneiros" em mais de um idioma pela Netflix. O intérprete do protagonista Lucca, um traficante de pessoas, dublou o personagem nas versões em inglês e espanhol do longa.

Internacionalmente reconhecido, o brasileiro já atuou em produções estrangeiras como a série "Westworld", entre 2016 e 2020, e os filmes "300", de 2006, e "300: A Ascensão do Império", de 2014.

Lançado nesta sexta-feira, 12, na Netflix, "7 Prisioneiros" estreou com uma bagagem gringa de respeito. Exibido no Festival de Veneza, o drama foi aclamado pela crítica e levou o prêmio Sorriso Diverso Veneza de Melhor Filme Estrangeiro com uma trama que retrata a crueldade de um sistema de trabalho análogo à escravidão.

Com direção de Alexandre Moratto e produção de Fernando Meirelles, "7 Prisioneiros" retrata Luca, vivido por Rodrigo Santoro, gerente de um ferro velho em São Paulo, que comanda um esquema de escravidão contemporânea contra um grupo de jovens do interior iludidos com a busca de uma vida melhor na capital.

O destaque entre os rapazes é Mateus, interpretado por Christian Malheiros, que acredita na promessa de que conseguiria dinheiro para ajudar a sustentar sua família e se depara com uma realidade violenta. Confira o trailer:

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos