Roger Machado vai treinar o Palmeiras em 2018

Roger assinará contrato de uma temporada com o Verdão (Denis Dias/Gazeta Press)

O Palmeiras já tem treinador para 2018: Roger Machado. O gaúcho chegou a um acordo com o diretor-executivo de futebol do Verdão, Alexandre Mattos, no fim da tarde desta quarta-feira, e assinará contrato com duração de um ano, conforme apuração do Blog. Alberto Valentim comandará o time nos dois últimos jogos do Brasileirão.

O trabalho de Roger, porém, já começa a partir desta quinta-feira. Ele fará uma série de reuniões com a diretoria de futebol para discutir o elenco de 2018. Permanência de Felipe Melo, venda ou não de Roger Guedes, aval para as chegadas de Lucas Lima e Weverton… tudo isso caberá ao gaúcho.

Essa foi a segunda tentativa do Palmeiras de contratar Roger. No fim do ano passado, ele chegou a dizer “sim” a Alexandre Mattos, mas a demora na definição pela saída de Cuca acabou levando-o para o Atlético-MG. À frente do Galo, Roger foi campeão mineiro e terminou a fase de grupos da Libertadores com a melhor campanha, mas acabou demitido em julho.

Roger Machado tem 42 anos de idade e também já havia dirigido Novo Hamburgo e Grêmio. Sua contratação é uma vitória de Mattos e do gerente de futebol Cícero de Souza, que viam o técnico como o melhor nome depois de Mano Menezes.

Já o presidente Maurício Galiotte preferia a contratação de Abel Braga. Mais experiente, o comandante do Fluminense se tornaria um escudo para a diretoria no próximo ano. Porém, Abel deixou claro que só poderia responder à oferta alviverde no fim do Brasileirão, depois de uma conversa com o presidente tricolor Pedro Abad – o campeonato se encerra em 3 de dezembro.

Mattos e Cícero consideraram que o Palmeiras não teria todo esse tempo para aguardar e insistiram pela contratação de Roger. No contato com a diretoria alviverde, o novo treinador palmeirense conseguiu a promessa de que terá estabilidade – se for demitido, ele terá direito aos salários até dezembro do ano que vem.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: