Rohani chega a Moscou para reforçar relação estratégica e se reunir com Putin

Moscou, 27 mar (EFE).- O presidente do Irã, Hassan Rohani, chegou nesta segunda-feira para impulsionar as relações bilaterais e assinar vários acordos de cooperação, em uma visita durante a qual se reunirá com seu colega russo, Vladimir Putin.

O avião no qual Rohani viajava aterrissou no aeroporto Vnukovo de Moscou, onde foi recebido com honras militares e pelo vice-ministro das Relações Exteriores Vasyl Nebenzia.

O líder iraniano se reunirá hoje com o primeiro-ministro russo, Dmitri Mevdedev, enquanto a reunião com o chefe do Kremlin vai acontecer amanhã, segundo e último dia de sua visita.

Com Medvedev, Rohani abordará o estado das relações bilaterais e suas perspectivas de desenvolvimento, entre outros no âmbito energético.

Além disso, ambos tratarão sobre a criação de uma zona de livre-comércio entre Irã e a União Econômica Euroasiática (UEE), um bloco econômico regional integrado pela Rússia, Cazaquistão, Quirguistão, Belarus e Armênia.

Entre os acordos de cooperação que serão assinados nesta visita está um petroleiro.

Amanhã, Rohani e Putin tratarão sobre a expansão do comércio e os investimentos, assim como grandes projetos nos campos da energia, transporte e infraestruturas.

A troca comercial bilateral, principalmente nos setores energético, agrícola e militar, aumentou no ano passado 80% até os US$ 2 bilhões, segundo dados oficiais.

Rohani viaja acompanhado pelos ministros das Relações Exteriores, Mohamad Javad Zarif, e de Informação, Mahmoud Vaezi, que também se reunirão com seus colegas russos durante a viagem. EFE