Ronaldinho avalia ‘briga’ entre Messi e CR7, e vê ponto positivo na lesão de Neymar

A eterna batalha entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo é excelente para o futebol, ao menos na opinião de Ronaldinho Gaúcho.

Ícone de Barcelona e Atlético-MG, o ex-jogador não escondeu a admiração pelos grandes craques de Barça e Real Madrid – que dividem 10 Bolas de Ouro entre si, além de recordes e incríveis marcas individuais.

E enquanto muitos fãs se digladiam para ver quem é o melhor, R10 apenas curte o quão bom esta disputa faz para os verdadeiros fãs de futebol: “É uma briga justa, que é boa para o futebol porque são dois jogadores que sempre estão definindo quem ganha a Bola de Ouro, para ver quem é o melhor do mundo”.

Cristiano Ronaldo Lionel Messi
Disputa sadia para o futebol (Foto: Getty Images)

“Então , esta briga é boa para o futebol e para todos os que amam esse esporte”, afirmou para a Metro US.

CHANCES NA COPA DO MUNDO E NEYMAR

Neymar, Ronaldinho, Brasilien, 02282012
Lesão pode fazer bem para Ney? (Foto: Getty Images)

Mas tem uma coisa que Ronaldinho conquistou que nem Messi ou CR7 conseguiram ainda: a Copa do Mundo. Figura importante na equipe do Penta, em 2002, Ronaldinho vê a seleção argentina com boas chances de voltar ao topo. Motivo? A presença de seu ex-companheiro, Messi.

Lionel Messi Argentina
(Foto: Getty Images)

“É uma das melhores seleções do mundo, se você olhar individualmente eles têm grandes jogadores (...) É um dos melhores times do mundo, é preciso respeitar eles e Messi vai ser mais uma vez o melhor”.

A respeito da Seleção Brasileira, Ronaldinho vê o lado ruim na lesão de Neymar. Entretanto, acredita que como o acidente no pé do craque foi meses antes da bola rolar na Rússia, o descanso poderá até mesmo trazer coisas boas ao time de Tite.

“Lesões nunca são boas, mas acho que neste caso vai ser bom porque vai dar a ele tempo pra se preparar bem e chegar à Copa do Mundo em um grande preparo”, avaliou. “A vida de um jogador é viver jogo a jogo, dia a dia, e ninguém já está pensando na Copa do Mundo. Todos os olhos estão na Champions League e para o final dos campeonatos nacionais, e acho que os jogadores têm mais é que pensarem assim”.