Ronaldo, Beckham e West: relembre os cortes de cabelo mais criativos da história da Copa do Mundo

Não é de hoje que jogadores de futebol ganham destaque pelo visual durante os jogos da Copa do Mundo. Seja pelo corte de cabelo ou a coloração, o estilo rouba a atenção e cai no gosto dos fãs. Relembre alguns estilos que já entraram para história da competição:

Copa do Mundo do Catar: colunistas do GLOBO analisam os jogos ao vivo

Tabela da Copa do Catar 2022: Acompanhe os resultados de todos os jogos e a classificação

Ronaldo Fenômeno

Em 2002, Ronaldo Fenômeno ousou com um corte de cabelo durante sua participação pela seleção brasileira na Copa do Mundo. Em entrevista, o ex-atacante chegou a admitir que o penteado era "horrível" e pediu desculpas às mães que viram seus filhos repetindo. O craque justificou que adotou o corte para desviar o foco de sua lesão.

Ronaldo adotou o corte de cabelo inusitado na semifinal da Copa, contra a Turquia, e manteve para a final. O craque marcou nos dois jogos e foi fundamental para a seleção ganhar o pentacampeonato mundial.

Umit Davala

Em 2002, outro que também inovou no corte de cabelo foi o jogador da Turquia, Umit Davala. Na ocasião, o jogador enfrentou a seleção brasileira logo na estreia da Copa e ostentou um moicano diferente, com uma faixa de cabelo bem curto.

Rodrigo Palacio

Já na Copa de 2014, o atacante da Argentina Rodrigo Palacio deixou um rabinho no cabelo para fazer uma pequena trança. O visual, claro, chamou atenção de quem assistia a competição.

Taribo West

Mesmo sendo eliminada na primeira fase, as chuquinhas na cabeça de Taribo West fizeram o jogador ser lembrado durante sua passagem pela seleção nigeriana em 2002.

Neymar

Além do futebol em campo, Neymar também se destaca nos cortes de cabelos. Em 2018, o camisa 10 da seleção Brasileira apareceu loiro e com um moicano estilizado.

Roberto Baggio

No estilo "rabo de cavalo", o jogador italiano Rodrigo Baggio também é lembrado pelo pênalti perdido contra o Brasil, na final da Copa de 94.

David Beckham

Em 2002, o inglês David Beckham que é conhecido no mundo inteiro pela sua beleza, adotou um estilo moicano.

Arturo Vidal

Em 2014, volante chileno Arturo Vidal aproveitou para estilizar os cabelos e modificou o corte saindo do tradicional moicano.

Asamoah Gyan

O atacante de Gana, Asamoah Gyan, destacou o número 3 de sua camisa em um corte de cabelo na Copa de 2014.

Carlos Valderrama

A cabeleira do ex-jogador colombiano Carlos Valderrama acompanhava o futebol do capitão da seleção nas Copas do Mundo de 1990, 1994 e 1998.

Alexi Lalas

Na Copa do Mundo de 1994, era difícil não notá-lo. Além do 1,91 de altura, Alexi Lalas tinha cabelo volumoso e um longo cavanhaque.