Ronaldo queria Endrick defendendo o Brasil na Copa do Mundo

Campeão mundial com apenas 17 anos, Ronaldo queria Endrick na lista de Tite para a Copa do Catar. Foto: Buda Mendes/Getty Images
Campeão mundial com apenas 17 anos, Ronaldo queria Endrick na lista de Tite para a Copa do Catar. Foto: Buda Mendes/Getty Images

Ronaldo Fenômeno, dono do Real Valladolid na Espanha e do Cruzeiro no Brasil, teria chamado Endrick para jogar a Copa do Mundo no Catar com o Brasil apesar de ter apenas 16 anos.

"Muitos estão reivindicando a ausência do Gabigol (Gabriel Barbosa), mas se eu tivesse que convocar um jogador, para fazer parte do grupo, mas com poucas opções reais para jogar, ficaria com o Endrick", disse o lendário jogador da Seleção Brasileira na Ronaldo TV.

Leia também:

"Acho que Endrick é um menino com um futuro muito promissor, que já está trabalhando profissionalmente. Seria uma experiência sensacional para ele. Para o futuro da seleção brasileira", explicou Ronaldo.

Como exemplo dessa teoria, Ronaldo usou como exemplo a si mesmo, que aos 17 anos foi convocado por Carlos Alberto Parreira para jogar a Copa do Mundo de 1994. Não jogou um minuto sequer e o Brasil ganhou a Copa do Mundo.

"É algo que sinto falta na seleção brasileira. Em 2010 (África do Sul), Dunga não levou Neymar com todo o Brasil pedindo por ele, mas em 1994 Parreira me levou e em 2002 Scolari levou Kaká", comentou o Fenômeno do futebol mundial.

Ronaldo, que é o segundo maior artilheiro da história das Copas do Mundo com 15 gols, venceu a Copa do Mundo de 2002, conquistando o pentacampeonato pelo Brasil.

Endrick, a grande joia do futebol brasileiro e um dos jogadores mais cobiçados pelos grandes times europeus, já marcou três gols e deu uma assistência para no time profissional do Palmeiras.

Tite anunciou os 26 convocados para a Copa do Catar na última segunda-feira (7) sem muitas novidades. Nove atacantes estão na lista, o que chamou a atenção da imprensa internacional.