Round 6: Criptomoeda baseada na série desaparece com milhões de dólares

·1 min de leitura
Com o sucesso monumental, diversos produtos baseados na série sul-coreana ganharam o mundo. Foto: Getty Images.
Com o sucesso monumental, diversos produtos baseados na série sul-coreana ganharam o mundo. Foto: Getty Images.
  • A criptomoeda SQUID começou a ser vendida por apenas um centavo;

  • Em poucos minutos, o token, que estava valendo US$ 2.856,65, passou a custar US$ 0,0007;

  • De acordo com o BscScan, após a queda de preço, 40 mil pessoas ainda possuíam a criptomoeda.

'Round 6' é a série mais assistida da história da plataforma Netflix. Com o sucesso monumental, diversos produtos baseados na série sul-coreana ganharam o mundo.

Como não poderia ser diferente, o mercado de ativos digitais também aproveitou a onda, mas sem tanto triunfo.

Milhões de dólares sumiram em poucos minutos, após investidores arriscarem em uma criptomoeda baseada no “Jogo da Lula”, nome dado a uma brincadeira de criança popular na Coreia do Sul e presente na série.

Leia também:

Com o nome de SQUID (Lula, em português), a moeda começou a ser vendida pelo preço de apenas um centavo por token. 

Já no início de novembro, a criptomoeda estava sendo negociada por US$ 38, o equivalente a R$ 206, em uma bolsa denominada Pancakeswap.

Pouco tempo depois, o valor cresceu vertiginosamente, com o token passando de US$ 628,33 para US$ 2.856,65, segundo o CoinMarketCap, plataforma responsável por rastrear dados criptográficos. Contudo, em mais ou menos cinco minutos, a criptomoeda passou a ser negociada por US$ 0,0007.

Depois da queda de preço, 40 mil pessoas ainda possuíam o token, segundo o BscScan, mecanismo de exploração e plataforma de análise de blockchain.

A criação chamou atenção de diversos veículos midiáticos durante o último mês.

As informações são do blog e-investidor, do Estadão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos