RSF considera Brasil como país "problemático" por fake news e ataques de Bolsonaro à imprensa

O Brasil subiu uma posição no ranking de países que respeitam a liberdade de imprensa, classificado em 110° lugar em uma lista de 180 nações pesquisadas, segundo levantamento anual da Repórteres Sem Fronteiras. Em seu relatório de 2022, divulgado nesta terça-feira (3), a entidade lamenta "a violência estrutural" persistente contra jornalistas no país. Diminuir o peso da desinformação é um dos grandes desafios para o avanço da liberdade de imprensa no Brasil, diz a RSF.

No dia internacional da liberdade de imprensa, celebrado em 3 de maio, há pouco para se comemorar no Brasil. "O cenário da mídia brasileira continua marcado por uma forte concentração [da iniciativa] privada, caracterizado por uma relação quase incestuosa entre os poderes político, econômico e religioso", resume a RSF. "O trabalho independente dos jornalistas é constantemente atacado, e a imprensa está sujeita a forte interferência do governo", constata a organização.

A chegada de Jair Bolsonaro ao poder, em 2018, piorou significativamente o cotidiano da profissão. "O presidente ataca regularmente a imprensa, mobilizando exércitos de apoiadores em redes sociais, em uma estratégia (...) destinada a desacreditar a mídia, apresentada como inimiga do Estado", explica o relatório. Apesar de a Constituição de 1988 garantir o direito à liberdade de imprensa no país, a estrutura de radiodifusão e telecomunicações é antiga, permissiva e ineficaz, avalia a RSF.

A RSF utilizou um novo método para elaborar a classificação, com base em cinco indicadores (contexto político, marco legislativo, contexto econômico, contexto sociocultural e segurança).


Leia mais

Leia também:
Bolsonaro entra na lista de “predadores da liberdade de imprensa” da Repórteres Sem Fronteiras
RSF: Bolsonaro leva Brasil para lista vermelha de países com entraves à liberdade de imprensa
Com três assassinatos em apenas um mês, 2022 começa violento para jornalistas no México

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos