Ministro de Lula 'celebra' Bolsonaro nos EUA: “Melhor atitude nos últimos 4 anos”

Ex-presidente Jair Bolsonaro deixou o Brasil antes da posse de Lula neste final de semana - Foto: AP Photo/Eraldo Peres
Ex-presidente Jair Bolsonaro deixou o Brasil antes da posse de Lula neste final de semana - Foto: AP Photo/Eraldo Peres

O ministro-chefe da Casa Civil de Lula, Rui Costa (PT), afirmou, em entrevista ao 'Roda Viva' da TV Cultura, nesta segunda-feira (2), que a ida do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) aos Estados Unidos (EUA), foi a ‘melhor atitude nos últimos quatro anos’.

Rui Costa, fez a declaração após o jornalista Fernando Exman pedir que o ministro fizesse uma análise sobre a saída do Brasil do ex-presidente Jair Bolsonaro antes da cerimônia de posse.

Na ocasião, Costa criticou a gestão nos últimos quatro anos e falou sobre a ida aos Estados Unidos com ironia.

“Diria que essa ida dele [aos Estados Unidos], talvez, tenha sido a melhor atitude dele nos últimos quatro anos. Ele permitiu ao povo brasileiro que fosse feito uma transição democrática e com uma passagem de faixa de forma simbólica”, diz o ministro.

Sobre as críticas de algumas pessoas por conta da alta quantidade de pessoas subindo a rampa, inclusive com um cachorro de estimação, Costa afirma que muitos brasileiros se sentiram representados.

Ainda no programa, a repórter do jornal Folha de S. Paulo, Catia Seabra, pergunta se o ministro acha que o presidente Lula deve ou não anistiar o ex-presidente Jair Bolsonaro.

Em resposta, Rui Costa diz que o Brasil tem instituições voltadas para esse tema e que essa situação não faz parte da agenda pessoal do presidente.

“A agenda principal do presidente Lula será cuidar do povo brasileiro. Nós temos instituições no Brasil e estamos devolvendo a liberdade para agir dentro do ‘barco’ legal brasileiro. As instituições de Procuradoria de Estado, Advocacia-Geral da União e Ministério Público terão absoluta autonomia para dar seguimento e ajuizar ações que, eventualmente, se façam necessárias”, disse o ministro.

Rui Costa, foi vereador em Salvador entre 2000 e 2008, deputado federal de 2010 a 2014 e governador da Bahia entre 2015 e 2022, o político assumiu o ministério no momento em que Lula quer um perfil mais técnico.