Rumo ao Brasil, Jesus diz que time e carinho da torcida o motivam a seguir no Flamengo

Jorge Jesus é esperado no Rio de Janeiro, na noite desta sexta-feira, para retomar os trabalhos no Flamengo. Mas seu futuro ainda é incerto. No embarque, em Portugal, o técnico reconheceu que a "grande equipe" formada e o carinho da torcida rubro-negra o motivam a ficar, mas foi evasivo ao responder sobre o seu real desejo.

— Tudo isto alterou, não só o meu pensamento, mas sobretudo isso. Neste momento, não tenho nada em mente, tenho de viver o dia a dia, saber o que vai acontecer em função desta epidemia e tomar decisões. Tenho dois meses, até para os dirigentes do Flamengo para decidirem o que é melhor para eles — afirmou ao jornal português "Record":

— Sentimos que criamos uma grande equipe. Isso é um dos fatores que me motiva muito mais a continuar e a forma como também tenho sido tratado. Tenho dois meses para decidir a minha vida.

O clube pretende conversar com o treinador para que se planeje o que será feito quando as atividades de fato forem liberadas pelas autoridades estaduais e municipais.

A diretoria vai aproveitar para retomar o tema renovação contratrual, mas se vê em um cenário econômico frágil para concretizar um acordo, a não ser que o treinador português aceite o que já foi proposto.

No sábado, o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, concedeu entrevista à TV Fla e falou sobre o processo de renovação do contrato do português.

Braz deixou claro que, com a crise financeira gerada pela pandemia da Covid-19, o cenário também mudou, com o euro subindo muito a sua cotação, por exemplo. Por conta disso, Jesus precisará igualmente entender a situação.

"O presidente Landim já autorizou, a gente vem conversando com calma, mas aconteceu essa situação do mundo (pandemia). O euro vai para mais de seis reais, é um fator ruim, o Flamengo está analisando várias situações. O Flamengo está aí como todas as empresas, clubes, fazendo as análises. O Flamengo vai fazer a parte dele, mas dependemos também do Jorge, dele entender o momento, a situação que tem hoje, sem perder o reconhecimento que tem dele. É uma situação fácil? não é fácil, nem tranquila. Mas vai dar tudo certo, vai acontecer o melhor para o Flamengo", disse Braz.