Rumor | Apple pode lançar sua própria "Netflix dos games"

Rafael Rodrigues da Silva
De acordo com cinco fontes anônimas de dentro da empresa, a Apple está trabalhando no desenvolvimento de um sistema de assinatura mensal que dará acesso a uma enorme biblioteca de jogos, além decomeçar também a publicar seus próprios títulos

Depois de anunciar no ano passado que iria entrar no mercado de streaming de filmes e séries, parece que o próximo passo da Apple será um serviço de streaming de jogos. Cinco fontes anônimas de dentro da empresa confirmaram para o canal Cheddar, que a Apple está trabalhando em um serviço de assinaturas que funcionará como uma espécie de “Netflix para jogos”, em que os usuários farão um pagamento mensal para ter acesso total a uma biblioteca com diversos títulos.

De acordo com essas fontes, a empresa também estaria interessada em funcionar como uma publisher para jogos, o que provavelmente incentivaria algumas desenvolvedoras a lançarem seus títulos de modo exclusivo para a assinatura da Apple. Essa informação dá indícios de que os jogos que estarão presentes nesse serviço serão bem diferentes daqueles que já fazem parte da App Store.

Isso porque, ainda que os apps mais baixados da loja sejam jogos, todos eles funcionam em um modelo de negócios freemium — isto é, eles são gratuitos para baixar e jogar, mas existem “bloqueios” dentro do jogo que tornam o avanço muito difícil, mas que oferecem um facilitamento vendendo itens e upgrades com dinheiro real. Ainda que esses jogos façam muito sucesso, eles não se encaixam em um modelo de pagamento de mensalidades.

Além disso, a Apple já tem há algum tempo elogiado a capacidade de seus equipamentos comparando-os a videogames, e já até mesmo comparou o poder de processamento do chip A12X do iPad Pro ao de um console Xbox One, e talvez esta seja a abordagem que será usada em seu serviço de assinaturas, com jogos que utilizam um conceito mais próximo do que vemos em consoles (com gráficos de ponta, narrativas complexas e partidas multiplayer online) do que do tipo de jogo que normalmente associamos a plataformas mobile.

Por enquanto, tudo não passa de rumor e não há nenhuma confirmação da empresa de que está trabalhando em um serviço do tipo. Mas, como em 2016 a Apple já havia avisado que até 2020 iria dobrar o faturamento de sua divisão de serviços — e já temos confirmação de que este ano a empresa irá lançar não apenas seu streaming de filmes e séries, como também uma assinatura que dará acesso aos principais jornais e revistas do mundo —, preparar um serviço de streaming de jogos se encaixa muito bem nesse plano de expansão da empresa.


Fonte: Canaltech