Rumor | Novo filme da Arlequina pode revelar como ela ajudou a matar o Robin

Laísa Trojaike

Em Batman vs Superman: A Origem da Justiça podemos ver um traje do Robin com a pichação já característica do Coringa, que diz "Ha Ha Ha! Joke's on you, Batman!" ("Ha Ha Ha! A piada é você, Batman!"). O primeiro trailer de Esquadrão Suicida, que David Ayer diz ser o mais próximo do ele pretendia que fosse o filme, traz justamente a canção "I Started A Joke", que lembra bastante a frase usada pelo Coringa no easter egg da morte de Robin.

O diretor de Batman vs Superman, Zack Snyder, chegou a confirmar que o Robin em questão era Jason Todd e que o quadrinho de referência para o evento era justamente Morte em Família — a trama mostra o segundo Garoto Prodígio sendo brutalmente espancado até a morte pelo Palhaço do Crime. Em entrevista ao IGN, Snyder explicou a inserção desse detalhe:

Na minha mente, foi que Robin havia morrido 10 anos antes, durante um confronto com um jovem Coringa. Então havia uma história divertida lá com a qual brincar. Eu senti que toda a ideia era de que houve perda e sacrifício. De uma maneira estranha, ele [Bruce] havia sacrificado tudo para ser Batman. Ele realmente não tem vida fora da caverna. Pensei que, incluindo Robin, um Robin morto, estaria nos ajudando a entender que ele estava em uma pequena jornada.

Aparição do traje do Robin em Batman vs Superman: A Origem da Justiça (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Em Esquadrão Suicida, a apresentação da Arlequina mostra muito rapidamente um dos seus crimes: “cúmplice do assassinato de ROBIN”. Como não era novidade que a DC estava tentando criar um universo compartilhado como o da Marvel, rumores começaram a surgir, unificando os eventos de Batman vs Superman e Esquadrão Suicida.

Imagem: Reprodução/Warner Bros

Agora, com o anúncio de um novo filme da Arlequina, Ian Cardona, do CBR, levantou a hipótese de que a próxima história com a vilã/anti-heroína pode ser justamente a da morte de Robin, contrariando os rumores mais fortes, que apontam para a já anunciada adaptação de Sereias de Gotham.

Esse rumor, no entanto, não leva em conta a não-aparição da Arlequina no quadrinho citado. Se considerada a timeline do Batman, Morte em Família foi originalmente publicado entre 1988 e 1989. A Arlequina, por sua vez, tem sua primeira aparição somente em 1992, em Batman Animated. Nos filmes, talvez as coisas possam ser misturadas, criando um universo completamente diferente, com os quadrinhos apenas como referência. O que já é feito nas adaptações e não causa grandes comoções entre a maioria dos espectadores.

Se Cardona estiver certo e houver uma retomada dos easter eggs em um próximo filme, talvez essa também seja uma oportunidade para a DC introduzir outras versões do Jason Todd no seu Universo Cinematográfico, mostrando ele como Capuz Vermelho ou com os Novos Titãs.

Ainda é pouco claro o posicionamento da Warner Bros e da DC, que parecem bastante divididas entre tentar seguir com o universo compartilhado, sobretudo após a grande demanda pelo Snyder Cut de Liga da Justiça, e dar vasão para obras independentes, como Coringa e o vindouro The Batman.

Fonte: Canaltech