Russos fogem para a Turquia

Lev Kamyshev, de 37 anos, não esquece o que deixou para trás. Abadonou a Rússia um dia depois de ter sido decretada a mobilização militar de reservistas. O cidadão russo diz que ficou "assustado", deixou "tudo o que tinha" e agora se sente "vazio".