Ryan Reynolds criou limite de tempo para jogar 'Fortnite', 'ou ia esquecer de levar as crianças para a escola'

·1 minuto de leitura
94693222_SC - Imagens do filme 'Free guy'.jpg

href="https://oglobo.globo.com/rioshow/free-guy-traz-ryan-reynolds-como-heroi-virtual-good-vibes-entre-elementos-de-gta-minecraft-fortnite-1-25161015" target="_blank">Em “Free Guy - Assumindo o controle”, o astro Ryan Reynolds vive um personagem secundário de um jogo virtual, que traz inspirações claras em games populares como Grand Theft Auto”, “Fortnite” e “Minecraft”.

Em entrevista recente à BBC, o ator canadense revelou que, durante as pesquisas para o filme, acabou ele próprio ficando muito envolvido com alguns jogos.

"Eu me tornei o mais familiarizado que pude com o assunto", apontou Reynolds, que também deu pitacos no roteiro. "É tão divertido que eu poderia facilmente me ver deixando de levar as crianças para a escola para jogar um 'Fortnite'. Tive que andar na linha tênue entre pesquisar e ser pai e marido".

Dirigido por Shawn Levy (da série “Stranger things” e da trilogia “Uma noite no museu”), “Free Guy - Assumindo o controle” estreou no Brasil na última quinta-feira em mais de 970 salas brasileiras apostando, como lá fora, num grande lançamento exclusivo dos cinemas — diferentemente do que a mesma Disney fez com seus recentes blockbusters, ainda não há previsão de chegar ao streaming.

O filme teve uma estreia na América do Norte que superou expectativas dos especialistas, com uma bilheteria de US$ 28,4 milhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos