Ryan Reynolds deixa esposa furiosa e gera crise no casamento; entenda

Blake Lively e Ryan Reynolds no MET Gala 2022
Blake Lively e Ryan Reynolds no MET Gala 2022. Foto: REUTERS/Andrew Kelly

Resumo da notícia:

  • Ryan Reynolds irritou Blake Lively com compra de time de futebol galês

  • Ator comprou metade do Wrexham AFC, equipe da quinta divisão do Campeonato Inglês

  • Ele contou que tomou a decisão após proposto de um parceiro de negócios

Ryan Reynolds quase estremeceu seu casamento com Blake Lively ao decidir comprar metade de um time de futebol galês. Em entrevista com seu sócio na novidade, Rob McElhenney, no "Jimmy Kimmel Live!", o astro de Hollywood contou como avisou a esposa sobre a proposta do parceiro de negócios para investir em metade do Wrexham AFC, time da quinta divisão do Campeonato Inglês de Futebol.

"Lembro-me que depois de você ter vindo com essa ideia absolutamente insana, vi a Blake e disse: 'Eu tenho uma notícia ruim e uma notícia muito ruim. A notícia ruim é que eu caí nas 'DMs' de alguém de novo. A notícia muito ruim é que, sabe, talvez eu tenha comprado metade de um time da quinta divisão de futebol no País de Gales'", explicou o ator canadense.

Questionado sobre a reação da atriz com a notícia inusitada, Reynolds foi sincero ao dizer que não recebeu incentivo e ainda está tentando superar esse momento de crise.

"Qual foi a reação dela?", perguntou McElhenney. "Não foi boa, Rob, não. Não foi ótima", respondeu o artista. "É, ainda estamos trabalhando nisso", completou ele, que é casado com Lively desde 2012, com quem é pais de três filhas.

Recentemente, Ryan Reynolds confessou que não pretende dirigir nenhum filme caso tenha a possibilidade. Em entrevista ao Collider, em divulgação do filme "The Adam Project", da Netflix, o astro das telonas deixou claro sua posição sobre o assunto.

Ao ser questionado sobre o desejo de trabalhar na área, já que a esposa Bake Lively dirigiu o clipe de Taylor Swift, Reynolds negou qualquer interesse. “Genuinamente, não [tenho vontade de ser diretor]. Contar histórias me interessa em todos os sentidos, formas e formatos. O mesmo ocorre com produzir e performar", declarou.

“Além disso, posso trabalhar com caras como Shawn Levy [diretor de 'The Adam Project']. Não sei por que atreveria a pensar que posso [atuar como diretor] sozinho. Isso seria idiota. Se pudesse dirigir algo com Shawn Levy algum dia, seria legal. Mas não, amo a posição em que estou", explicou ele.