São Paulo começa a vacinar pessoas com 38 anos contra a Covid na próxima segunda

·2 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, 05/07/2021, BRASIL  - O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e o secretario municipal de Saúde, Edson Aparecido, acompanham nesta segunda-feira (05) o inicio da vacinação contra a Covid-19 para Pessoas com 41 anos no novo Mega Posto do Buffet Colonial, na Zona Sul da cidade. Pessoas formam fila na UBS Max Perlman para serem vacinados. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 05/07/2021, BRASIL - O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e o secretario municipal de Saúde, Edson Aparecido, acompanham nesta segunda-feira (05) o inicio da vacinação contra a Covid-19 para Pessoas com 41 anos no novo Mega Posto do Buffet Colonial, na Zona Sul da cidade. Pessoas formam fila na UBS Max Perlman para serem vacinados. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo vai vacinar contra a Covid-19 pessoas com 38 anos a partir da próxima segunda-feira (12) e de 37 anos a partir de terça (13).

A imunização do grupo com 39 anos foi antecipada para esta quinta (8), e a expectativa é que cerca de 143 mil moradores da capital paulista recebam doses de imunizantes contra o coronavírus.

Inicialmente, nesta semana só seriam imunizadas pessoas com 41 anos -na segunda (5) e na terça-feira (6)-- e 40 anos -a partir de quarta-feira (7).

A vacinação será feita nas 468 UBS (Unidades Básicas de Saúde) da capital, bem como nos postos volantes, drive thrus e centros de saúde.

Antes da antecipação desse grupo, estava prevista para sexta (9) e sábado (10) a repescagem para pessoas com 40 e 41 anos, somente nas 82 AMAs (Assistência Médica Ambulatorial) que funcionam aos sábados e feriados. A prefeitura ainda não confirmou se o grupo de 39 anos poderá ser imunizado nesses dias.

Nesta segunda os paulistanos com 41 anos enfrentaram longas filas para se vacinar nos postos da capital.

Segundo a prefeitura, 60% das pessoas com 18 anos ou mais já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid na cidade de São Paulo. Até 15 de julho a estimativa é cobrir 70% desse público.

Documentos Para vacinar-se, é necessário apresentar um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente CPF e cartão SUS (Sistema Único de Saúde).

O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil, como RG, certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável.

O preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento.

A Prefeitura destaca que todas as vacinas disponíveis foram aprovadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e são eficazes e seguras contra a Covid-19. Não há necessidade nem possibilidade de escolher um imunizante específico.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos