São Paulo confirma primeiro caso de varíola dos macacos no Brasil

Duas amostras de casos suspeitos de varíola dos macacos são testadas em laboratório de microbiologia de hospital em Madri, Espanha

SÃO PAULO (Reuters) - A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo confirmou nesta quinta-feira o primeiro caso de varíola dos macacos no Brasil, após identificação do genoma do vírus em diagnóstico realizado pelo Instituto Adolfo Lutz, informou a pasta em comunicado.

O caso foi registrado em um homem de 41 anos que passou por Portugal e Espanha no mês de maio. O paciente está internado no Hospital Emílio Ribas desde segunda-feira, de acordo com a secretaria.

Um outro caso suspeito da doença segue em investigação, sendo uma mulher de 26 anos que não possui histórico de viagem recente e contato com casos suspeitos da doença. A paciente se encontra internada em um hospital público da cidade, mantida em isolamento.

Centenas de casos de varíola dos macacos foram reportados globalmente nas últimas semanas, fora do continente africano, onde a doença é endêmica. Nenhuma morte foi reportada até agora.

A varíola dos macacos é transmitida por contato próximo com alguém que tem o vírus ou com as feridas provocadas pela doença.

(Reportagem de Eduardo Simões e Pedro Fonseca)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos