São Paulo estuda medida disciplinar para o zagueiro Arboleda

LANCE!
·1 minuto de leitura


A diretoria e a comissão técnica do São Paulo se reunirão para decidir se o zagueiro Arboleda deve receber uma medida disciplinar após ser flagrado em um baile funk, sem máscara, no bairro do Campo Belo, na zona sul da capital paulista, na madrugada desta sexta-feira. O episódio aconteceu horas antes do treino do Tricolor no CT da Barra Funda.

O equatoriano postou um vídeo em sua rede social no show do DJ Guuga e sem o uso de máscara, o que vai contra o decreto de julho do Governo do Estado de São Paulo para a contenção da pandemia do novo coronavírus. O jogador, no entanto, já foi exposto ao vírus, diagnosticado, e portanto não apresenta risco de transmitir aos seus companheiros de trabalho (embora haja discordâncias na comunidade científica sobre o tema).

Procurado pela reportagem, o São Paulo informou que Arboleda participou normalmente da atividade e, até o momento, está nos planos do técnico Fernando Diniz para a viagem ao Rio, onde o São Paulo enfrenta o Flamengo, domingo, no Maracanã. A diretoria, no entanto, estuda o caso e se reunirá em breve para tomar uma decisão sobre uma possível medida disciplinar.

Atualmente, Arboleda é reserva na equipe do Tricolor. O zagueiro perdeu a vaga para o jovem Diego Costa, de apenas 21 anos, e trabalha para reconquistar seu espaço entre os titulares. Recentemente, o defensor foi convocado para defender a seleção equatoriana nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.