São Paulo recebe 600 apartamentos destinados a famílias de baixa renda

·1 minuto de leitura

O governo federal, o estado de São Paulo, e a prefeitura paulistana entregaram hoje (24) 600 apartamentos a famílias de baixa renda da capital paulista. Os dois conjuntos habitacionais, o Forte do Ribeira A e Phobus A, vão beneficiar cerca de 2,4 mil pessoas. Em setembro, mais 600 unidades, dos residenciais Forte do Ribeira B e Phobus B, serão entregues.

Os empreendimentos residenciais são destinados a famílias removidas por obras públicas em áreas de risco. As pessoas beneficiadas poderão se mudar a partir do dia 1º de setembro para as novas moradias.

O investimento federal nos Phobus A e B foi de R$ 57,6 milhões, o que corresponde a mais de 74% do total. Houve ainda contrapartida de R$ 13,3 milhões do governo do estado. A prefeitura municipal contribuiu com R$ 19,9 milhões.

O aporte federal nos Forte da Ribeira A e B foi de R$ 57,6 milhões, com contrapartida de R$ 13,2 milhões do governo estadual e R$ 12,4 da prefeitura municipal.

“Sabemos que esses apartamentos que estamos entregando hoje são muito mais do que concreto, muito mais do que cimento. O que temos aqui são sonhos realizados. É dignidade, respeito e cidadania à população”, destacou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Os empreendimentos, que integram o Programa Casa Verde e Amarela, contam com pavimentação, drenagem, iluminação, rede de energia, água e esgoto. Além disso, os moradores terão à disposição salão comunitário, vagas de automóvel e bicicleta, quiosques com churrasqueira, guarita, pista de skate e playground.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos