São Paulo registra recorde de mortes por coronavírus: 224 óbitos em 24 horas

Ana Letícia Leão
Socorristas do Samu preparam cadáver de mulher idosa que morreu com suspeita de estar contaminada pelo novo coronavírus

SAO PAULO - O estado de São Paulo registrou, nesta terça-feira, um novo recorde de mortes por coronavírus em apenas 24 horas. Segundo dados apresentados hoje pelo Centro de Contingência à Covid-19, de ontem para hoje foram acrescidos 224 novos óbitos em São Paulo, um aumento de 12%. - Como não temos filas para realização de testes, isso significa que, de fato, os pacientes morreram por agora - explicou o secretário de Saúde, José Henrique Germann, em coletiva de imprensa.Coronavírus Serviço:Tudo o que você precisa saber para lidar com a doençaO recorde anterior de mortes por Covid-19 havia sido registrado em 23 de abril, quando SP teve 211 óbitos em apenas 24 horas. Nesta terça-feira, o número de vítimas fatais em decorrência da doença chegou a 2.049. Há, ao todo, 24.041 casos confirmados em todo o estado.Outro dado preocupante, segundo o Centro de Contingência, é o fato de a Grande São Paulo ter atingido 81% de ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Na enfermaria, a taxa é de 70%. Em todo o estado, 61,6% das UTIs estão ocupadas por pacientes com Covid-19 e, nas enfermarias, a taxa é de 44,5%.Mais:Anvisa libera realização de testes de Covid-19 em farmácias