São Paulo tem manhã de caos com alagamentos nas duas Marginais

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo amanheceu nesta segunda-feira com dezenas de pontos de alagamento por causa de um temporal que atingiu a região metropolitana durante a madrugada.

Há bairros que concentraram mais de 100 milímetros de chuva. A estimativa do governo do estado é que nesta noite tenha chovido 50% do esperado para todo o mês de fevereiro.

A Zona Oeste da capital paulista foi a mais afetada. Segundo a prefeitura, eram pelo menos 69 alagamentos por volta das 7h15.

As duas marginais têm pontos intransitáveis. Na Tietê, o rio transbordou e a pista foi interditada na altura da Ponte da Casa Verde, sentido Cebolão, desde 5h.

Há alagamentos também nos dois sentidos da Pinheiros, com fechamento da pista expressa na altura da Ponte Cidade Jardim e veículos parados no meio da água na Zona Sul.

Outras avenidas importantes de São Paulo estão interditadas por causa da chuva. O rodízio de veículos foi suspenso nesta segunda-feira

O Corpo de Bombeiros atenderam 24 ocorrências de desabamentos até 7h. Também foram registradas 27 quedas de árvores. A recomendação da corporação é que as pessoas evitem sair de casa.

No transporte público, mais problemas. A circulação de trens na Linha 9-Esmeralda da CPTM está interrompida entre as estações Osasco e Santo Amaro por causa de alagamentos. Os ônibus do sistema Paese foram acionados. A Linha 8-Diamante tem interrupções entre as estações Itapevi e Comandante Sampaio.

A operação dos ônibus metropolitanos também enfrenta percalços, com dificuldade de circulação dos veículos e atrasos por causa das vias alagadas.

Na chegada à capital, o trânsito está parado nas rodovias Castello Branco, Dutra e Carvalho Pinto.

As informações são do G1 e da TV Globo.