São Paulo tem quinta morte por coronavírus, afirma hospital

gustavo schmitt

SÃO PAULO - A operadora de saúde Prevent Senior confirmou nesta quinta-feira a 5ª morte por coronavírus em sua rede de hospitais No total, o Brasil já registra sete mortes pela doença, sendo duas no Rio.

O primeiro óbito foi registrado nesta terça-feira, também na rede Prevent Senior. Trata-se de um porteiro, de 62 anos, que também tinha comorbidades.

O GLOBO mostrou nesta quarta-feira que seus familiares não foram submetidos a exames para confirmar diagnóstico da doença.

Segundo informações da Prevent Senior, há 123 pacientes internados sob protocolo do coronavírus. Do total, 33 estão em UTI, sendo 12 já com testes positivos para Covid-19 e outros 21 ainda aguardam resultados de exames.

Outros 90 estão acomodados em apartamentos: 16 são positivos para coronavírus e outros 74 aguardam resultado do exame.

Entre os pacientes internados com confirmação de coronavírus, segundo a operadora de saúde, oito são colaboradores da empresa.

A operadora de saúde Prevent Senior, voltada para o público idoso, é uma das que concentra atendimentos da doença. Em vídeo, o CEO da Prevent Senior, Fernando Parrilla, reafirma a necessidade de cuidados para frear a propagação do vírus e alerta que o sistema de saúde do país pode "não aguentar", já que, em suas palavras, "não se trata de uma gripe qualquer". A operadora tem 36 pacientes com exames positivo para coronavírus.