São Paulo volta a ficar gelada na próxima semana; veja previsão do tempo

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP,  BRASIL - 13.06.2022. A frente fria que avança pelo Sul do país chega ao Sudeste e deve derrubar ainda mais as temperaturas em São Paulo. (foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL - 13.06.2022. A frente fria que avança pelo Sul do país chega ao Sudeste e deve derrubar ainda mais as temperaturas em São Paulo. (foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma nova frente fria vinda do Sul deve ocasionar um início de semana gelado em São Paulo, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O ar frio começa a ser sentido já no domingo (28), mas sua atuação mais intensa deve ser a partir de segunda-feira (29).

De manhã e à tarde, domingo deve ser quente, com o sol aparecendo entre nuvens. A máxima prevista é de 28°C. Na parte da noite, a massa de ar frio deve começar a agir, derrubando a temperatura para 14°C, mínima prevista para o dia.

A segunda-feira deve amanhecer mais gelada. Chuvas isoladas podem ocorrer durante um dia nublado, com os termômetros registrando entre 12°C e 15°C. O frio continua na terça-feira (30), e os termômetros oscilam entre 8°C e 14°C.

Naiane Araujo, meteorologista do Inmet, diz que a frente fria deve durar poucos dias. "É normal para a estação, não chega a ser uma onda de frio. Deve durar pouco, a partir de quarta-feira (31) o calor volta."

A previsão para quarta é de temperatura chegando a 20°C, e mínima de 12°C.

Na última semana, outra frente fria causou dias muito gelados na capital entre sexta-feira (19) e domingo (20). A situação melhorou um pouco nesta semana, que teve as temperaturas em elevação durante a tarde.

O fim desta semana deve ser quente. Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), da Prefeitura de São Paulo, os paulistanos terão uma sexta-feira (26) com 27°C de máxima, e 15°C de mínima. Já para sábado (27), é esperado mais calor. Máxima de 29°C, e a mínima, 16°C.

A umidade do ar tende a cair, podendo atingir 35% nesta quinta-feira, e não há previsão de chuva até a tarde de domingo.