Sérgio Mallandro relembra treta com Maradona no carnaval do Rio: 'Estava dando em cima da minha gata'

·2 minuto de leitura

Sérgio Mallandro integra a lista daqueles que admiram o talento de Maradona e lamentaram sua morte, aos 60 anos. Mas o caminho dos dois já se cruzaram aqui no Brasil, na década de 1990, durante um carnaval na Sapucaí, no Rio. A treta aconteceu em 1998 num camarote, que fora visitado pelo ídolo argentino e onde também estava o ator e humorista, acompanhado de sua mulher na época, a modelo Carolina Costa.

O ex-jogador a abordou num momento em que Mallandro não estava presente. Segundo ele se recorda, o craque deu em cima "de sua gata". Quando percebeu o que estava acontecendo, o artista fez questão de se colocar.

"Essa paradinha com o Maradona foi muito engraçada. Estávamos num camarote, carnaval, aquela loucura doida. Aí o Maradona estava dando em cima da minha gata. Quando eu olhei, vi que era ele, falei: 'Oh, glu-glu, está maluco? É minha mulher'. Ele não entendeu e perguntou quem eu era. Respondi: 'Sou o príncipe da Xuxa' ", relembra ele, que fez par com a Rainha dos Baixinhos no filme "Lua de Cristal". Carolina é mãe de dois de seus três filhos

.

Mallandro dá risadas ao relembrar o episódio. Ele conta que pessoas que estavam no camarote explicaram para o craque quem era ele. O artista reitera que ele não entendeu muito do que estava acontecendo, mas pediu desculpas no final.

"Ficou tudo na boa. Fiz um 'ié-ié e um glú-glú' para ele, que não entendeu nada. Mas não teve nada, assim, de muito sério, não.", acrescenta Mallandro, que, inclusive, costuma contar essa história em alguns de seus shows.

O artista fala também da admiração que tem pelo craque. Conta que jogou bola por muito tempo em sua vida e se refere a Maradona como "gênio":

"São poucos os gênios do mundo, Maradona, Pelé, Zico, Messi... E ele realmente foi um dos grandes gênios no futebol. Vê-lo jogar era um espetáculo. Uma grande perda para o futebol. Valia a pena pagar o ingresso só para vê-lo treinar."