Sérgio Trindade, que ganhou Nobel da Paz com IPCC, morre com coronavírus em NY

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O engenheiro químico Sérgio Campos Trindade, 79, morreu na última quarta-feira (18) em decorrência de insuficiência respiratória associada à Covid-19 em Nova York. A morte foi confirmada pela Agência Fapesp.

Trindade recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 2007 ao lado de outros integrantes do Painel Intergovernamental da Mudanças Climáticas (IPCC), o painel do clima da ONU (Organização das Nações Unidas).

O brasileiro era um dos maiores especialistas em energia alternativa e seus impactos no meio ambiente e atuava como consultor em negócios sustentáveis. Doutor em engenharia química pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology), ele também era membro do Comitê Científico para Problemas do Ambiente, agência associada à ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Em 2007, o prêmio Nobel da paz foi entregue ao ex-vice-presidente americano Al Gore e ao IPCC em Oslo, Noruega, por suas ações contra o aquecimento global. Gore e o indiano Rajendra Pachauri, presidente do IPCC, receberam uma medalha de ouro, o diploma Nobel e um cheque de 1,1 milhão de euros das mãos do presidente do comitê Nobel, Ole Mjoes.

Gore e o IPCC —grupo de 3.000 especialistas coordenados pela ONU— dividiram o Nobel por contribuir para sensibilizar a opinião pública mundial sobre os efeitos potencialmente dramáticos do aquecimento global.

Os casos de coronavírus nos Estados Unidos passaram de 15 mil na manhã desta sexta-feira (20).No estado de Nova York, há 7.102 casos confirmados e 35 mortes.