Série B não paga premiação a campeão, mas Botafogo pode lucrar caso leve o título. Entenda

·3 min de leitura

Desde a última rodada da Série B o Botafogo já respira aliviado porque sabe que no ano que vem estará de volta à elite do futebol brasileiro. Agora, a meta do clube, que ainda tem duas partidas nesta temporada, é se manter na liderança da competição e sair dela campeão. Entretanto, diferente da Série A, quem ganha a segunda divisão não recebe nenhuma compensação financeira da CBF. Mas, ainda assim, terminar em primeiro é um bom negócio para qualquer time.

As cifras, na verdade, têm relação com outra competição: a Copa do Brasil. Quem vence a Série B se classifica automaticamente para a terceira fase do campeonato. E é aí que o dinheiro entra. Neste ano, quem jogou esta fase recebeu R$ 1,7 milhão da CBF. Para o ano que vem, a confederação ainda não bateu o martelo sobre o valor, mas sabe que ele será maior.

O CEO do Botafogo, Jorge Braga, lembrou que as receitas da Série A só começarão a cair na conta do clube em maio do ano que vem, quando começa a competição. E elencou outras vantagens que ser campeão pode trazer para o time.

— É sabido que apesar do tão desejado acesso, tão fundamental acesso a Série A, por uma questão de calendário, a gente continua na Série B em receitas até maio do ano que vem. Nesse sentido nós vamos precisar de toda e qualquer antecipação e premiação para ajudar a enfrentar o calendário entre agora e maio do ano que vem. Ser campeão ajuda, primeiro na premiação, mas no desdobramento que isso causa no posicionamento, na postura, patrocínios, tamanho de sócio torcedor, e é por isso que isso é fundamental para o Botafogo — Jorge Braga.

Caso não seja campeão da Série B, o Botafogo terá que jogar a Copa do Brasil desde o início, e isso significa mais partidas e premiações menores. Por ser um clube que está no TOP 15 do ranking da CBF (neste ano ele ficou na 13ª posição e não deve ficar de fora dos 15 primeiros no ano que vem devido ao desempenho em 2021) ele tem uma premiação maior do que a dos outros clubes. Em 2021 os times do Grupo 1 (15 melhores do ranking) receberam R$ 1,15 milhão na 1ª fase e R$ 1,35 milhão na 2ª fase.

A terceira fase da Copa do Brasil começará em 20 de abril, após o termino dos estaduais, com o jogo de volta no dia 11 de maio.Caso avance para as oitavas, o Botafogo receberá uma premiação próxima de R$ 3 milhões. Durcesio Mello, presidente do Botafogo, destacou que além da compensação financeira, há outro fator determinante para o clube que são as folgas nas primeiras duas fases da competição.

— O Botafogo vai buscar o título do Brasileiro. É uma conquista que o elenco merece por todos os desafios que enfrentou na temporada. (A premiação) Vai nos permitir planejar melhor o ano de 2022 tanto em termos financeiros, com previsão orçamentária, quanto esportivamente, considerando folgas iniciais no calendário da Copa do Brasil se entrarmos na terceira fase — contou o presidente do clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos