Série de encontros virtuais debate participação feminina na política brasileira

MAYARA PAIXÃO
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio a um cenário ainda tímido no avanço da participação feminina na política institucional brasileira, que não tem mulheres para a corrida presidencial de 2022, uma série de debates reúne especialistas para discutir a sub-representação feminina e a importância de avanços na legislação de cotas eleitorais. Os encontros serão realizados nos dias 22, 23, 24 e 25 de março, sempre a partir das 17h30. São uma iniciativa conjunta da ONU Mulheres Brasil e do núcleo de pesquisa Flora Tristán, ligado ao Instituto de Ciência Política da UnB (Universidade de Brasília) e cujo nome homenageia uma feminista franco-peruana de destaque no século 19. A Folha também apoia os debates. As transmissões, abertas ao público, serão feitas no canal da ONU Mulheres no YouTube. As mediadoras serão jornalistas da Folha. Durante a série de encontros virtuais, será divulgada a versão em português de um relatório sobre o desafio da participação feminina preparado para a 65º sessão da Comissão sobre o Status da Mulher (CSW, na sigla em inglês) das Nações Unidas. O evento, que será realizado em Nova York (EUA) de 15 a 26 de março, tem como tema "A participação plena e efetiva das mulheres na tomada de decisões na vida pública, bem como a eliminação da violência, para alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento de todas as mulheres e meninas". A brasileira Flávia Biroli, professora de ciência política da UnB, que participa de um dos painéis da série de debates, foi uma das responsáveis pelo documento. As versões em inglês, francês e espanhol já estão disponíveis. Confira a íntegra da programação: PARTICIPAÇÃO POLÍTICA DAS MULHERES E COTAS NO BRASIL PAINEL 1: 25 anos de cotas eleitorais para mulheres no Brasil QUANDO: 22/3 (segunda-feira), às 17h30 PARTICIPANTES: Clara Araújo (Universidade do Estado do Rio de Janeiro); Danusa Marques (UnB); Luciana Lossio (ex-ministra do Tribunal Superior Eleitoral) e Marlise Matos (Universidade Federal de Minas Gerais). Mediação de Flávia Lima (ombudsman da Folha). PAINEL 2: Modelos de cotas e financiamento - gênero, raça e democracia eleitoral QUANDO: 23/3 (terça-feira), às 17h30 PARTICIPANTES: Carlos Machado (UnB); Flávia Rios (Universidade Federal Fluminense); Lígia Fabris Campos (Fundação Getúlio Vargas - RJ) e Luciana Oliveira Ramos (Fundação Getúlio Vargas - SP). Mediação de Fernanda Mena (repórter especial da Folha). PAINEL 3: Democracia e paridade de gênero, onde estamos em termos globais e regionais QUANDO: 24/3 (quarta-feira), às 17h30 PARTICIPANTES: Ana Carolina Querino (ONU Mulheres Brasil); Flávia Biroli (UnB); Drude Dahlerup (Universidade de Estocolmo) e Georgina Cárdenas Acosta (Universidad Nacional Autónoma de México). Mediação de Sylvia Colombo (correspondente da Folha em Buenos Aires). OFICINA: Mulheres, política e informação QUANDO: 25/3 (quinta-feira), às 17h30 PARTICIPANTE: Isabel Clavelin (ONU Mulheres Brasil). Mediação de Suzana Singer (editora de Especiais, Seminários e Treinamento da Folha).