Série de Obi-Wan Kenobi tem gravações adiadas por problemas com o roteiro

Rafael Rodrigues da Silva

Quando tudo indicava que o caminho da saga Star Wars no serviço de streaming Disney+ já estava acertado, agora parece que nem tudo está tão definido quanto imaginávamos. Depois de rumores de que a série de Obi-Wan teria sido cancelada pela Disney circularem nas redes sociais na semana passada, as primeiras informações confirmadas mostram que não é nada tão drástico, mas que há claros problemas com a produção.

De acordo com o que múltiplas fontes da Lucasfilms e da Disney+ confirmaram para o The Hollywood Reporter, a série solo do Jedi — que já estava em fase de pré-produção e à procura de pessoas para fechar o elenco — está com todo o processo pausado por conta de problemas com o roteiro. De acordo com o que foi revelado, os executivos da Disney não gostaram dos roteiros escritos por Hossein Amini (da série McMafia) e nem da direção que a história estava tomando. Por conta disso, a Casa do Mickey agora estaria em busca de outra pessoa que pudesse começar a reescrever toda a narrativa da série do zero.

As fontes também afirmam que, por enquanto, não há mudanças nos nomes que já haviam sido confirmados para a série, que continua sendo dirigida por Deborah Chow e contando com Ewan McGregor retornando ao papel de Obi-Wan. Apesar disso, além de pedir para que todo o roteiro seja refeito por outra pessoa, os executivos também mudaram a duração da série, que deixará de ter os seis episódios anteriormente confirmados e passará a ter apenas quatro.

Perguntado sobre o assunto, o ator Ewan McGregor confirmou as mudanças, mas reiterou que a série ainda não foi cancelada, que ele continua no papel principal e que a estreia prevista continua sendo a mesma de antes (apesar de esta ser uma data que ainda não foi publicamente confirmada) e que a única mudança no cronograma é que, ao invés de começarem as gravações na metade deste ano, o início delas foi adiado para janeiro de 2021.

Ainda é incerto o que causou uma mudança de rumos tão brusca com a produção já bastante avançada, mas correm rumores de que o grande problema é de que a história de Obi-Wan estava muito parecida com a da série The Mandalorian, com o mestre Jedi servindo como um protetor para um jovem Luke Skywalker (ou, em algumas versões contadas, uma jovem Leia Organa) e que essa dinâmica entre protetor e protegido estava muito parecida com a existente entre Mando e o Bebê Yoda. E, como a Lucasfilms e a Disney vêm sendo muito criticada por simplesmente repetir as mesmas histórias já contadas em seus filmes, é possível que ela não queira que essa crítica se estenda também às séries - principalmente porque The Mandalorian se tornou uma unanimidade entre as diversas facções do fandom de Star Wars, e a empresa não quer perder esse “voto de confiança” que o sucesso da série acabou gerando para si.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: