Séries, livros e vídeo game: a rotina de Igor Julião no confinamento


A paralisação do futebol brasileiro impôs uma mudança de hábitos de todos os atletas durante o período de confinamento exigido pela pandemia do novo coronavírus. O lateral-direito do Fluminense Igor Julião, conhecido pelas posições políticas de esquerda e pelo amor à filosofia e à literatura, tem seguido à risca as orientações de profissionais de diferentes áreas do clube para manter a forma física e a saúde mental. Séries, livros e jogos de vídeo game também ajudam o jogador de 25 anos a afastar o tédio durante a pausa forçada.

- Recebemos uma cartilha da Emily (Gonçalves, psicóloga do Fluminense), orientando a gente para tentar manter nossa sanidade mental e outras do nosso preparador físico Marcos Seixas e do fisiologista Juliano Spineti, então conversamos muito sobre esses treinos, sobre a nossa volta, sobre como vai ser o calendário. Está tudo sendo discutido entre a gente - conta Julião.

Cria de Xerém, Igor Julião está no Fluminense desde os 12 anos de idade. Após empréstimos para clubes dos Estados Unidos, Brasil e Eslováquia retornou ao Flu no segundo semestre do ano passado, quando teve o contrato renovado até dezembro de 2021. A convivência com os companheiros e o dia a dia no clube são o que mais fazem falta, segundo o lateral.

-. É muito ruim estar impossibilitado de fazer o que a gente gosta, de jogar, de treinar, de estar com nossos companheiros, mas a gente entende o momento, entende a situação e sabemos que é por um bem maior. Estamos todos os dias conversando, temos um grupo dos jogadores. Acabamos sendo uma família por estar todo dia junto, nos treinos, nas viagens, então a gente acaba sentindo muita falta - contou Julião.






Dicas para os tricolores

Igor Julião também recomendou séries livros e jogos para ajudar a afastar o tédio durante o período longe dos gramados.

- "The Handmaid's Tale" e "Atlanta", são duas séries bem diferentes, que vão ajudar a fazer passar o tempo. Um documentário que recomendo é "Indústria Americana", que muito premiado.Um livro que chegou na minha casa essa semana foi a biografia do Cruyff, um dos maiores gênios que o futebol já teve. Como jogador e como um ser pensante, revolucionou o Barcelona e o Ajax. Vou tentar entender um pouquinho o que se passava na cabeça desse gênio.. Por fim com os jogos, não tem para onde correr, é Fifa e Football Manager. No Fifa sou viciado no Ultimate Team. No FM você perde horas sem perceber. Comecei um save com o St. Pauli, da segunda divisão da Alemanha. Fiz uma aposta com uns amigos do Flu e está indicadíssimo para quem quiser é um belo desafio - finalizou.