Sérvia e Kosovo chegam a acordo sobre as matrículas dos veículos

Os líderes da Sérvia e do Kosovo chegaram a um acordo para acabar com a disputa sobre as placas de matrícula.

O chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, anunciou o acordo nas redes sociais, explicando que "a Sérvia deixará de emitir placas de matrícula com as denominações das cidades do Kosovo e o Kosovo cessará outras ações relacionadas com o novo registo de veículos".

Borrell anunciou ainda que nos próximos dias convidará ambas as partes a discutir uma proposta da UE, apoiada também pela França e Alemanha, que permitirá aos inimigos normalizarem as relações.

A disputa sobre as placas de matrícula estava a criar uma tensão alarmante entre Prisitina E Belgrado.

O Kosovo tinha planeado começar a emitir multas a partir de quinta-feira a cerca de 10.000 condutores sérvios que continuam a utilizar matrículas de automóveis emitidas pelos sérvios.

Uma tentativa de negociação tinha falhado na segunda-feira e o Kosovo foi forçado a adiar o início da aplicação de multas aos condutores por 48 horas a pedido dos EUA.

O braço-de-ferro começou quando o Kosovo tentou exigir que a sua minoria sérvia mudasse as matrículas dos seus antigos carros antes de 1999, quando o Kosovo ainda fazia parte da Sérvia. Os sérvios na parte norte do país resistiram, por vezes de forma violenta.