Sócio de Trump não consegue apoio para extensão de SPAC, dizem fontes

Logotipo da rede social de Donald Trump, Truth Social

Por Svea Herbst-Bayliss

(Reuters) - A empresa de aquisição que aceitou se fundir com a companhia de mídia social de Donald Trump não conseguiu apoio suficiente de acionistas para extensão de um ano que concluiria o acordo, disseram pessoas a par do assunto nesta segunda-feira.

Em jogo está uma injeção de 1,3 bilhão de dólares que o Trump Media & Technology (TMTG), que opera o aplicativo Truth Social do ex-presidente dos Estados Unidos, deve receber da Digital World, empresa de aquisição de propósito específico (SPAC) que assinou um acordo em outubro passado para listar a TMTG em bolsa.

A transação está congelada em meio a investigações sobre as circunstâncias do negócio. A Digital World esperava que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), que está revisando o acordo, já tivesse dado aval para a transação.

A Digital World precisa que 65% de seus acionistas votem a favor da proposta de estender sua vida útil por 12 meses para a medida entrar em vigor. Na segunda-feira, menos acionistas do que o necessário votaram a favor, disseram as fontes.

O resultado da votação deve ser anunciado em uma reunião especial de acionistas da Digital World nesta terça-feira. Os executivos da empresa não acreditam que obterão apoio suficiente a tempo e começaram a considerar opções, segundo as fontes.

Representantes do Digital World e do TMTG não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Uma opção sobre a mesa é adiar o prazo de votação para aumentar o apoio dos acionistas, disseram as fontes. Sem isso, a SPAC deve liquidar na quinta-feira e devolver o dinheiro captado em sua oferta inicial de setembro de 2021.

Se a Digital World falhar em obter apoio para extensão de um ano, sua administração pode estender o negócio sem aval dos acionistas por até seis meses.

A Digital World afirmou que a SEC e promotores federais estão investigando o acordo com a TMTG, mas o escopo exato das investigações não seja claro.

Se o negócio for concluído, o TMTG deve receber 293 milhões de dólares da Digital World e 1 bilhão de dólares de um grupo de investidores na forma de um investimento privado em capital público (Pipe), que está programado para expirar em 20 de setembro, a menos que o negócio seja concluído.

A Digital World disse acreditar que o TMTG terá "fundos suficientes" até abril de 2023.