Sônia Guajajara relata a John Kerry sobre desaparecidos na Amazônia

*Arquivo* BRASÍLIA, DF, 22.02.2018 - A líder indígena Sonia Guajajara. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*Arquivo* BRASÍLIA, DF, 22.02.2018 - A líder indígena Sonia Guajajara. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A líder indígena Sonia Guajajara, relatou ao assessor do governo americano John Kerry o desaparecimento no Amazonas do jornalista inglês Dom Phillips, colaborador do jornal Guardian, e do indigenista Bruno Pereira, membro da ONG Univaja e servidor em licença da Funai (Fundação Nacional do Índio).

Coordenadora da Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), ela divulgou o encontro nesta terça-feira (7), acusando o governo Bolsonaro de omissão no caso e contando que pediu a Kerry, enviado especial do governo americano para o Clima, um posicionamento da Casa Branca sobre a violência no Brasil com os indígenas.

Os dois participaram de evento da revista Time com as 100 pessoas mais influentes do mundo em 2022, em Nova York. Guajajara e o cientista Tulio de Oliveira foram os brasileiros eleitos pela publicação.

"Acabei d encontrar o enviado especial do Clima do governo Biden aqui no evento da Time e tive a oportunidade de falar sobre o desaparecimento d Dom e Bruno no vale do Javari, pedi a ele um posicionamento", escreveu Guajajara, que é pré-candidata a deputada federal pelo PSOL.

No vídeo divulgado nas redes, ela aparece ao lado do tradutor diante de Kerry, informando que havia duas pessoas desparecidas na Amazônia há mais de 48 horas.

Dom Philips e Bruno Araújo viajavam pelo Vale do Javari, no Amazonas, e estão desaparecidos. O último registro dos dois aconteceu na manhã de domingo (5), na comunidade de São Rafael.

Nesta terça, o presidente Bolsonaro classificou a viagem dos dois como "aventura" não recomendada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos