Saúde da pele com foco em prevenção é o tema do próximo Encontros O GLOBO

Ana Paula Blower
·2 minuto de leitura

RIO — Quais práticas podem garantir a saúde da pele, do cabelo e das unhas? Quais hábitos podem ser alterados para mantê-los saudáveis e bonitos? O caminho, sem dúvida, passa pela prevenção, dizem os dermatologistas. Para esclarecer essas e outras questões relativas a uma vida mais saudável, o próximo Encontros O GLOBO reunirá especialistas da área, nesta quinta-feira, às 10h, em um evento online com transmissão no Facebook e no site do jornal.

O tema se torna ainda mais urgente no verão, quando as temperaturas estão elevadas e a exposição ao sol se torna um risco eminente para o desenvolvimento de câncer de pele, o mais frequente no Brasil. Por isso, além de medidas simples que ajudam a manter a saúde da pele, como boa alimentação e hidratação, o cardiologista Cláudio Domênico chama atenção para o foco na proteção:

— Não podemos esquecer da importância do uso de roupas e chapéus com proteção UV e do uso do filtro solar, com fator de proteção acima de 50 — observa Domênico, curador do Encontros. — A pele reflete o cuidado geral da pessoa com sua saúde. É uma capa que nos protege de agressões externas, que vão de fungos a bactérias, e de fatores ambientais, como sol e poluição. Por isso, é preciso manter a vigilância: toda mancha na pele merece ser avaliada.

Uma das especialistas convidadas, a dermatologista Alessandra Zawadzki, médica pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), reitera a importância de se manter atento aos sinais com o autoexame, avaliando constantemente a própria pele, e do exame anual, feito pelo médico, que tem um olhar mais específico sobre as manchas.

— Apesar de o câncer de pele ser o mais frequente entre os cânceres, apenas 3% de todos os tumores malignos correspondem ao melanoma, o mais grave porque pode espalhar para outros órgãos. Mas, se diagnosticado na fase inicial, é possível tratar e ter bons resultados — aconselha Zawadzki

Além de novas manchas, a médica orienta sobre alteração nas já existentes: entre os sinais que merecem atenção, estão aumento do tamanho, alteração da cor, da forma e das bordas ou o fato de a lesão começar a coçar.

Saúde e beleza

Para além da prevenção de doenças de pele, há cuidados para mantê-la bonita e saudável. Para isso, a dermatologista diz ser importante usar filtro solar, hidratantes adequados para o tipo de pele, beber bastante água e adotar uma rotina de cuidados com a pele prescrita por um médico.

Para completar o debate e a troca de informações, o evento terá ainda a participação da dermatologista Mayara Nascimento, coordenadora do Centro de Dermatologia CEPEM, e será mediado pela repórter Constança Tatsch, da editoria de Sociedade do GLOBO. Para se inscrever, basta clicar aqui.

O Encontros O Globo é uma realização do GLOBO com patrocínio do CEPEM (Centro de Estudos e Pesquisas da Mulher).